Política

Aprovado a convocação de governadores para oitiva na CPI da Covid

foto: agencia senado

Em Brasília continua a CPI da Covid com suas dúvidas e contratempos, nesta quarta-feira (26) resolveram convocar nove governadores, um ex-governador e uma vice-governadora para a sabatina na comissão, e ainda o pedido de retornos do ex-ministro Eduardo Pazuello e do recém-chegado chefe da pasta da Saúde, Marcelo Queiroga.

Na lista dos governadores convocados constam os nomes de: Wilson Lima, do Amazonas; Ibaneis Rocha, do Distrito Federal; Waldez Góes, do Amapá; Helder Barbalho, do Pará; Marcos Rocha, de Rondônia; Antônio Denarium, de Roraima; Carlos Moisés, de Santa Catarina; Mauro Carlesse, de Tocantins e Wellington Dias, do Piauí.

O governador da Paraíba, João Azevedo, não consta na lista de convocados. A vice-governadora Daniela Reinehr, de Santa Catarina e o ex-governador Wilson Witzel, do Rio de Janeiro, que foi destituído do cargo fecham a lista dos convocados.

E continua as convocações dos governistas: Markinhos Show, publicitário de Pazuello; Filipe Martins, assessor da Presidência da República; Arthur Weintraub , ex-assessor da Presidência da República;; o empresário Carlos Wizard; Luana Araújo, ex-secretária de Enfrentamento à Covid; e Paulo Baraúna, diretor da empresa White Martins.

Com a convocação de governadores, os senadores na CPI conseguem trazer para as oitivas a investigação dos supostos casos de corrupção nos estados, os consórcios que envolvem recursos para combate à pandemia, já que só depoentes ligados ao governo federal foram ouvidos.

Redação

You may also like